Surubim recebe palestra voltada para a inteligência emocional das mulheres

0 Comments



Surubim foi palco de uma palestra voltada apenas para mulheres. O objetivo foi trabalhar o emocional delas, por serem consideradas um ser totalmente emocional, mais do que é racional, conforme a coach integral sistêmico Margarida Santana.

 Margarida Santana - Coach Integral Sistêmico.


A profissional também é consultora empresarial e atua na área de desenvolvimento humano. Ultimamente trabalha com palestras e treinamento tanto na área Life como também na Business (para vida e para as empresas). Margarida é formada pela Febracis com abordagem voltada para a mudança de crenças e transformação das pessoas. Em suas palestras e treinamentos apresenta ferramentas que levam as pessoas a mudarem a consciência e, a partir daí, com uma resposta, vão tomando outro rumo na vida, se transformando em uma nova pessoa.

A coach também é formada em Administração de Empresas, é bacharel em Direito, especialista em Direito Empresarial e em Psicopedagogia Clínica e institucional. Ela diz que “quando estamos juntas, temos uma conexão muito forte para falar de nossos sentimentos e frustrações, desejos e anseios, sonhos, nos comunicamos melhor. Temos uma mesma linguagem e a mulher precisa realmente (até pela sua fisiologia humana, hormônios) aprender a controlar seus impulsos. O homem é mais frio, mas a mulher é mais emoção. Foi com esse objetivo que eu trouxe essa proposta para as mulheres e está sendo muito promissor”, pontuou.

Além de Surubim, Margarida também palestrou em Recife. Em Surubim foi na área de negócios, atendimento ao cliente 5 estrelas. Na sua opinião, é importante a Inteligência Emocional “porque nosso cérebro é formado de razão e emoção, de um lado racional e do outro emocional. Quando agimos pela emoção, é mais pelo impulso, e quando pela razão, pensamos mais, raciocinamos as emoções. Às vezes elas nos levam por caminhos frustrantes, por isso é necessário desenvolver habilidades e competências para melhorar as emoções que muitas vezes não são controladas. Por exemplo, se você tem raiva de alguém, fala algo para machucar e depois pensa: ‘não deveria ter falado isso’, é emoção. Devemos ter inteligência, através de comportamento, para controlar a emoção. Precisamos aprender a como lidar através de nossos comportamentos, nos conhecer: quem sou eu? Quais são os sentimentos e emoções? Quando acontece algo, como eu reajo? São habilidades que vão chegando a nossa vida através de aprendizado (consciência). O que nos leva à consciência é o medo, o constrangimento e a dor. Estudos comprovam que remédios não fazem efeito, apenas amenizam dores porque deixam você dopado. E o coach traz uma nova pessoa, transforma vidas através de pensamentos. Aplicamos ferramentas que levam o indivíduo à consciência. Nós não mudamos ninguém, a pessoa mesma é que se muda”, concluiu.

A próxima palestra, voltada para o atendimento, será em Surubim, porque no final de 2019 “não conseguimos fazer tantas empresas quanto gostaríamos. Então farei uma outra palestra voltada para os negócios ainda neste mês de fevereiro”.
































You may also like

Nenhum comentário: