CINCO ANOS APÓS SUA MORTE, ZITO BARBOSA É LEMBRADO PELOS SURUBINENSES

0 Comments
(Foto: Reprodução/Facebook)

José Barbosa de Souza, cujo nome artístico era Zito Barbosa, foi um cantor, compositor, produtor musical e aboiador. Zito nasceu no Agreste, em Santa Maria do Cambucá-PE, mas era muito querido pelos vaqueiros, inclusive em Surubim, terra da vaquejada, onde participou de muitas vaquejadas, como locutor oficial, para comandar o evento.
Zito nasceu em 1953 e sua carreira em vaquejadas começou em 1979, aos 26 anos de idade. Ele tornou-se conhecido como o Galvão Bueno das vaquejadas. Chegou a escrever poesias, versos, prosas, sobre vaqueiros e vaquejadas, já que tudo isso fazia parte de sua trajetória de vida. Desde a década de 80, era o locutor oficial da Missa do Vaqueiro em Serrita-PE.
Como compositor, Zito teve canções gravadas por cantores como Alcymar Monteiro e Cláudio Rios. O locutor também foi homenageado pela dupla Sirano e Sirino na música Boi Carrapeta. Ainda, a sua fama de locutor de vaquejada e poeta lhe deu a oportunidade de participar, em 1998, do programa Jô Soares Onze e Meia, no SBT. 
Zito faleceu em 2013, aos 60 anos, vítima de um câncer de estômago. A sua morte ainda é lembrada como uma grande perda para todos os amigos e para os amantes de vaquejada. Em Surubim, a imprensa local fez questão de lembrar-se de Zito Barbosa, um homem que ajudou a cultivar e perpetuar a cultura nordestina da vaquejada.



You may also like

Nenhum comentário: